Sábado, 27 de Maio de 2006

Deus é Amor, permanecei no Amor!

O Papa Bento XVI não se cansa de proclamar estas palavras: "Deus é amor". Ainda ontem na sua visita ao santuário Czestochowa na Polónia, o Papa convidou os peregrinos presentes a anunciar ao mundo que Deus é amor.

Só há uma maneira de conhecer o amor que é fazer a experiência dele, isto é, amar e ser amado. Descobrindo a verdadeira essência do amor, descobrimos quem é o homem e quem é Deus; porque o homem é criado para o amor e pelo amor. O mesmo é dizer: fomos criados por Deus e para Deus. Deus é Aquele que ama por excelência, como nos foi revelado por Jesus Cristo.

Além de conhecer este Amor, é necessário permanecer nele: "Permanecei no meu Amor" diz Jesus. A permanência no Amor, é um dos maiores desafios de hoje. Sabemos que temos a capacidade de amar e de ser amados, o que muitas vezes nos falta e a capacidade de permanecer nesse amor, com as consequências que isso implica. Na constante mudança em que nos encontramos, falar de permanência é algo estranho. Mesmo assim, só aqueles que permanecem no amor sabem o que é amar, e os que amam permanecem!

Até breve!

tags: ,
publicado por benedictus às 17:46
link do post | comentar | favorito
|

>Quem sou eu

>posts recentes

> Discurso de Bento XVI à O...

> Hino ao Espírito Santo: "...

> Porquê?

> Festa da Visitação da Vir...

> Permanecei firmes na fé: ...

> Bento XVI viagem a Poloni...

> Deus é Amor, permanecei n...

> Apresentação da primeira ...

> Hoje vimos maravilhas

> Vem Senhor!

>arquivos

> Abril 2008

> Junho 2006

> Maio 2006

> Janeiro 2006

> Dezembro 2005

> Novembro 2005

> Outubro 2005

> Junho 2005

> Maio 2005

> Abril 2005

> Março 2005

> Fevereiro 2005

> Janeiro 2005

> Outubro 2004

> Setembro 2004

> Maio 2004

> Março 2004

>tags

> todas as tags

>links

>as minhas fotos

>as minhas fotos

>subscrever feeds